Tripulação da US Airways ajuda salvar vida de membro da família de um funcionário da American Airlines.


Em 20 de setembro de 2013, a brava tripulação do voo 654 da US Airways de Dallas para Phoenix salvou a vida do passageiro Ray Jensen, sogro de um funcionário da American Airlines.

Quando o avião manobrou para a aproximação inicial de Phoenix, o passageiro próximo a Jensen alertou a tripulação de que ele parecia estar em processo de parada cardíaca. “Lembramo-nos desse passageiro, porque ele havia sido muito amável durante o embarque”, afirma o comissário de bordo Edgar Moya.

“Cada segundo era levado em conta e cada segundo importava”, diz Moya, que notificou o comandante da emergência a bordo. O comissário de bordo Steven F. Smith II, que também é ajudante de xerife no Texas, imediatamente administrou o atendimento manual à parada cardiorrespiratória (CPR), enquanto outros membros da tripulação providenciavam o desfibrilador e o estojo reforçado para atendimento de emergência. Pelo fonoclama perguntou-se aos passageiros se havia alguém qualificado a bordo para ajudar. Dois profissionais com formação médica responderam ao apelo e assistiram na realização do procedimento CPR. Após o pouso, os paramédicos entraram no avião e levaram Jensen às pressas para o hospital.

Jensen, que já se recuperou, afirmou em nota a sua gratidão: “É raro qualquer um de nós poder dizer que salvou a vida de alguém. Vocês podem”.

A rápida resposta sincronizada da tripulação e dos passageiros voluntários do voo 654 da US Airways ajudou a salvar a vida de Jensen. “Sabemos que segurança é nossa prioridade e nos adestramos para esse tipo de cenário”, diz Moya. “Naquela manhã, tudo funcionou muito bem. Eu não poderia estar mais orgulhoso de nosso pessoal.” Todos nós da American Airlines e US Airways também estamos orgulhosos e agradecidos.



A tripulação do voo 654
Comissários:
Edgar Moya, Michael Arnow, Karen Dallons, Jennifer Mclaughlin-Bell, e Steven F. Smith I
Pilotos: Comandante Edward Pierson Jr., Copiloto Yohannes Negussie